Project Description

Hérnia discal – ciatalgia.

Tac coluna lombar de 30/11/2010

Cirurgia hérnia discal extrusa L5-S1 direita 15/08/2013

Cirurgia agosto 2013 – ficou bem. Sente ligeiro agravamento nas ultimas semanas.

É contabilista. Passa o dia sentada.

Cansaço – possível depressão.

Falta de vontade de fazer as coisas.

Não consegue chorar – não se irrita muito. – quando se irrita explode.

Saiu há um ano de uma relação abusiva. Fechou-se socialmente.

Sente-se emocionalmente desgastada.

Sente dor muscular – cervicalgia.

Depressão pós-parto aos 24 anos.

Mae solteira.

Sempre lidou bem com as adversidades com exceção da ultima relação.

Começou a fumar aos 26 anos – forma de lidar com stresse.

Período menstrual normal. Há uns anos começou a ter menos perdas e menos dias.

2 CONSULTA PARA TRATAR DEPRESSÃO

Sentiu-se mal com cefaleia após a consulta. Cefaleia parietal. Possivelmente por ativação de trigger points.

Quinta-feira surgiu febre com expetoração.

Dor lombar há umas semanas que agravou há 2 dias.

3 CONSULTA PARA TRATAR DEPRESSÃO COM MEDICINA CHINESA

sentiu-se muito melhor.

Dorme melhor e tem menos dores.

Só nos ultimos dois dias é q sentiu um pouco de agravamento.

4 CONSULTA DE MEDICINA TRADICIONAL CHINESA

Dorme bem.

Sem angustia.

Sem stresse.

Sente cansaço mas com disposição parafazer coisas. Acorda cedo, tem energia, desenvolve atividades, etc…

Dor lombar presente.

Teste lasegue positivo acima dos 70 graus.

Teste bragard positivo.

Dor quando anda em calcanhares.

Perna dta mais curta – diminui encurtamento com teste dinâmico e C2 mas nao desaparece totalmente.

Teste sinfise púbica negativo.

Dor à direita.

Teste flexão negativo.

5 CONSULTA PARA TRATAR DEPRESSÃO E LOMBALGIA

Sente-se excelente.

Tem energia está muito feliz.

Sem dores.

Dorme muito melhor. Stabilizou hábitos alimentares.

6 CONSULTA PARA TRATAR DEPRESSÃO E LOMBALGIA

Alguns dias um pouco cansada.

Ligeira dor ocasional na lombar.

Link para artigo
Link para artigo

Link para artigo
Link para artigo

Tratar depressão com medicina chinesa

Paciente do sexo feminino recorreu às consultas de acupuntura para tratar depressão. A paciente apresentava depressão, cansaço físico, falta de vontade de trabalhar, falta de motivação, muito irritada e com temperamento mais volátil, insónia ou sono muito superficial e pouco repousante, emocionalmente desgastada devido a uma relação abusiva passada.

Para tratar depressão nesta paciente foi usada uma combinação de acupuntura contemporânea e acupuntura tradicional chinesa com farmacologia chinesa. A paciente respondeu muito positivamente aos tratamentos sendo que ao final de 6 tratamentos apresentava vitalidade, energia diária, conseguia dormir muito bem e apresentava uma perspetiva positiva face ao seu dia a dia.